GLOBISH - Portal do Franqueado

PORQUE GLOBISH?

É inquestionável que o inglês se tornou a língua universal do mundo globalizado em que vivemos atualmente. Além de ser uma linguagem mundial para os negócios, o idioma é também requisito para a produção científica e tecnológica.


Fator de ascensão profissional e cultural, a língua inglesa é de fundamental importância para todas as pessoas que querem se destacar na sociedade. A solução apresentada com a GLOBISH é que com apenas 1500 palavras uma pessoa pode falar um inglês perfeitamente compreensível, inclusive para conversações de negócios ou turismo, falantes nativos americanos e não-nativos de qualquer nacionalidade.


O estudo de outras línguas é uma realidade, mas em nada terá utilidade para se fazer negócios internacionais, onde a língua inglesa é imperativa, pois só no dicionário Oxford há mais de 615.000 palavras, sem considerar os verbos irregulares, os diversos significados para uma mesma palavra e as diferenças entre a escrita e a pronúncia, muitas vezes diferentes para a mesma combinação de letras.


Assim, diante desse quadro inexorável, como aprender inglês na forma de um segundo idioma que atenda as suas necessidades de comunicação sem que isto se transforme num problema ou em frustrações de uma vida?


Foi pensando nessas premissas que fomos buscar não no ensino do inglês tradicional o desenvolvimento de um método de ensino de inglês que fosse libertador para a grande maioria das pessoas e onde o aprendizado fosse rápido, perene e motivador. 


Com a língua inglesa não seria diferente e fruto exatamente desse intercâmbio mundial de trabalhadores que vem sendo desenvolvido um conceito de basear a língua inglesa em 1.500 palavras, menos de 0,25% dos vocábulos existentes nos melhores dicionários, regras e gramáticas simples, com sentenças curtas e objetivas e a não utilização de expressões idiomáticas. Estas palavras, quando combinadas corretamente, resultam em um vocabulário de 5000 palavras essenciais para a comunicação em todas as situações do dia-a-dia.


Como se pode verificar na prática é mais fácil um brasileiro falar em inglês com um francês, ou um espanhol falar em inglês com um japonês, do que qualquer um deles falar com um americano. Tal fenômeno também ocorre com os americanos e todos os povos nativos de língua inglesa na tentativa de falar com os estrangeiros.  A explicação está exatamente no fato de que todos que não possuem o inglês com língua nativa falam na verdade o GLOBISH, o inglês global e não o inglês convencional.